Portal do Governo Brasileiro

    Titulo da imagemTitulo da imagem

     A Câmara Municipal de Cuiabá discutiu nessa última quarta-feira, dia 25 de setembro, sobre o Programa Mulheres Mil na capital do Capital. A audiência pública foi requerida pela vereadora Lueci Ramos (PSDB), que uniu os representantes do IFMT responsáveis pela implantação do programa Mulheres Mil e interessados em participar da promoção e desenvolvimento do mesmo.

    O programa é ofertado nos Campi Bela Vista e Cuiabá. No Campus Bela Vista será ofertada a 2ª edição do Curso de Formação de Artesãs em Biojóias com uma oferta de 100 vagas, sendo 50 vagas agora par ao mês de novembro e outras 50 vagas para a 1ª quinzena do mês de abril de 2014. Já para o Campus Cuiabá serão ofertadas 200 vagas para quatro cursos: Salgadeiro, Recreação, Artesanato Biojóias e Inglês Básico. O início das aulas é previsto para março de 2014.

    As pré-inscrições para participar dos cursos, tanto no Campus Cuiabá ou Bela Vista, ocorrem nos Centros de Referências da Assistência Social (CRAS) e nos Centros de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS).

    O Pró-Reitor de Extensão do IFMT, professor Levi Pires, aprovou o debate da audiência e acredita que o objetivo foi alcançado: “O programa “Mulheres Mil” é para ser realizado em todo Mato Grosso e esta audiência deve acontecer em todos os municípios onde o programa for implantado. Isso garante o estreitamento para ouvir a população”, afirmou Levi. O Pró-Reitor de Extensão acrescentou que são ofertadas em todo estado 1.680 vagas em 11 campi.

    O vereador Allan Kardec (PT), parabenizou o programa “Mulheres Mil” por promover a inclusão social: “Defendo as nossas cotas sociais na educação. As instituições de ensino devem andar de mãos dadas com a sociedade”.
     
    Rosa Maria, coordenadora do Pronatec pela Prefeitura de Cuiabá, garantiu que os cursos estão indo de encontro as mulheres: “Uma van e um ônibus itinerantes estão passando em todos os 4 cantos de Cuiabá, oferecendo os cursos para a sociedade. Nos Centros de Referência e Assistência Social estão todas as relações dos cursos ofertados. É importante levar a população de mulheres presentes, informações sobre o programa “Mulheres Mi” e sobre a possibilidade de cada uma delas participar do curso”.

    Heloisa Dorileo, Presidente da União Cuiabana do Clube de Mães, afirmou que a audiência pública é necessária para conhecer os responsáveis pelo programa e onde estão sendo ofertados os cursos: “Considero esta audiência como um ato positivo. Conseguimos sanar nossas dúvidas e garantir a interação entre as entidades e as instituições”.

    Elenice dos Reis, gestora institucional do programa “Mulheres Mil”, garantiu que a audiência serviu para divulgação e levantamento de demanda do programa: “Realizaremos contatos com as comunidades, seus integrantes e líderes para garantir que as demandas sejam atendidas”, afirmou.
     
    Veja as fotos da audiência pública no facebook - www.facebook.com/IFMT.Oficial
     
     
     
    Stephanie Romero - Secom/Câmara com informações da Ascom/Reitoria/IFMT
     

     

    Stephanie Romero - Secom/Câmara com informações da Ascom/Reitoria/IFMT


    Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

    Avenida Sen. Filinto Müller , 953 - CEP: 78043-400

    Telefone: (65) 3616-4100

    Cuiabá / MT